segunda-feira, outubro 18, 2021
Início Notícias Locais Arapoti chega a 20 casos de dengue em três meses

Arapoti chega a 20 casos de dengue em três meses

Arapoti  – Em meio à preocupação com a pandemia do novo coronavírus, o município a cada semana que passa registra novos casos de dengue. Desde 17 de janeiro, quando o primeiro caso foi confirmado em Arapoti, já se passaram pouco mais de três meses e nesta terça-feira, 28, a Vigilância divulgou que a cidade contabiliza 20 infectados com a doença, transmitida pelo mosquito aedes aegypti.

Arapoti é o município dos Campos Gerais com a maior incidência de casos por habitantes. São 50,13 casos por 100 mil habitantes. A cidade mais próxima da região em número é Sengés com uma incidência de 25,95, a metade de Arapoti. “É muito feio a gente ver o nosso município com tantos criadouros e infestado de aedes aegypti, só que a população precisa ter consciência e colaborar com a limpeza de seus quintais” afirmou Andréa Silva, Chefe da Vigilância Sanitária.

De acordo com o coordenador de endemias, Flávio Correia, os maiores criadouros do mosquito da dengue são encontrados nas residências. “Tivemos um caso de uma senhora infectada com a dengue e fomos analisar e encontramos larvas do mosquito em seu próprio quintal. Nossos agentes orientam, mas são os moradores que devem promover a limpeza de seus terrenos” afirmou Flávio.

A aprovação de uma lei na Câmara permitindo a aplicação de multas para os proprietários que não cuidarem da limpeza dos seus imóveis foi um aliado importante no combate ao mosquito. “As pessoas foram notificadas e já aplicamos mais de cinco multas. Os agentes de endemias estão firmes trabalhando mesmo em meio a essa pandemia da Covid-19. Tudo com o propósito de controle da dengue no município” disse Andréa.

Nesta próxima semana, os agentes estarão aplicando o bioinseticida no raio de 300 metros em locais onde foram registradas pessoas infectadas. “Nós sabemos que vamos encontrar resistência, mesmo porque estamos enfrentando essa situação do novo coronavírus, mas pedimos a colaboração da população que facilite o trabalho das nossas equipes” disse Flávio.

Matéria publicada na edição impressa de 30/04/20 da Folha Paranaense

- Advertisment ----------------