quarta-feira, dezembro 8, 2021
Início Notícias Locais Prefeito determina corte de 20% do próprio salário, dos secretários e comissionados

Prefeito determina corte de 20% do próprio salário, dos secretários e comissionados

Jaguariaíva – Devido a queda da arrecadação municipal, o prefeito decidiu nesta terça-feira, 28, cortar em 20% o seu  próprio salário, o de seus secretários e o de todos os cargos comissionados. A medida, segundo a administração, visa conter despesas neste momento de queda bruca nas receitas do município, entre elas o ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e serviços) FPM (Fundo de participação dos municípios) a arrecadção de tributos municipais.

Segundo o prefeito, Jaguariaíva, no mês de abril, teve perda de 32,77% no ICMS, 45,73% no FPM e 53,9% na arrecadação própria do município. “É uma situação preocupante, pois temos diversas despesas fixas e precisamos tomar algumas providências para o corte dessas despesas” disse Sloboda.

Além da diminuição dos salários de sua equipe, o prefeito determinou corte de 20% nas gratificações e de 30% na TIDE de servidores efetivos, corte de 90% no pagamento de horas extras, diminuição de horários estraordinários e corte de diárias.

A administração também determinou uma revisão geral dos contratos de compras, serviços e obras. “Como exemplo, estamos diminuindo o gasto com combustíveis em 20%. São medidas necessárias para que possamos passar por esse período de incerteza causado pela pandemia da Covid-19” disse o gestor.

A medida valerá, a princípio, pelos próximos três meses (maio, junho e agosto). “Estamos fazendo um decreto e enviando um projeto de lei à Câmara com relação a redução dos salarios, que precisa do aval do legislativo” informou. Sloboda disse que a economia servirá também para bancar os custos de saúde e assistência social que aumentaram com a crise provocada pelo novo coronavírus.

Matéria publicada na edição impressa de 30/04/2020 da Folha Paranaense

- Advertisment -