MP abre processo para apurar pagamento irregular do auxílio a servidores de Arapoti | Folha Paranaense
MP abre processo para apurar pagamento irregular do auxílio a servidores de Arapoti
29/05/2020 às 17:29

Arapoti – O Ministério Público (MPPR) instaurou nesta sexta-feira, 29, um procedimento administrativo para acompanhar as medidas adotadas pelo Município de Arapoti na responsabilização disciplinar dos servidores que receberam indevidos recursos do auxílio emergencial repassado pelo Governo Federal como forma de amenizar os efeitos da pandemia da Covid-19 no bolso de milhões de brasileiros.

De acordo com levantamento da Folha Paranaense junto ao relatório divulgado pelo Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE/PR), 35 servidores municipais receberam R$ 22,2 mil de forma irregular, pois o auxílio era vedado a ocupantes de cargos públicos e aposentados pelo município.

O Promotor de Justiça Esdras Vilas Boas Ribeiro solicitou que a prefeita faça um levantamento, no prazo máximo de 180 dias, sobre a existência de agentes públicos municipais beneficiados com o auxílio, instaurando as respectivas investigações para apurar se houve má-fé do servidor.

O relatório deverá ser encaminhando à Promotoria de Justiça, no mesmo prazo, com o resultado do que for apurado, instaurando, ao final da apuração, os respectivos processos administrativos disciplinares em face daqueles que tiverem violado as normas disciplinares municipais.

CAIXA|Auxílio Emergencial
Deixe seu comentário