Justiça determina suspensão de cultos religiosos em Arapoti por 30 dias | Folha Paranaense
Justiça determina suspensão de cultos religiosos em Arapoti por 30 dias
05/06/2020 às 20:10

Arapoti – No início da noite desta sexta-feira, 05, a Justiça da Comarca de Arapoti determinou a suspensão de cultos religiosos presenciais pelos próximos 30 dias no município. A medida foi tomada em razão da pandemia da Covid-19 e o aumento do número de casos no município. Nesta sexta-feira, foram divulgados dois novos pacientes infectados com a doença, totalizando sete casos.

A decisão proferida pelo Juiz Djalma Aparecido Gaspar Júnior, foi motivada após ação movida pelo Ministério Público da Comarca de Arapoti e determina a imediata suspensão do decreto municipal que permitiu a retomada dos cultos e missas.

“A manutenção de tais atividades poderia implicar no risco de uma contaminação generalizada e descontrolada no Município de Arapoti. Além disso, o descontrole em relação à doença poderia prejudicar o comércio e outras atividades que já estão passando sérias dificuldades no cenário atual” esclareceu o magistrado em sua decisão.

O Juiz apontou que entende a necessidade e a essencialidade das atividades religiosas, todavia, considera que o atual momento que vive a cidade, com sete casos do coronavírus, é mais prudente que sejam adotados os meios eletrônicos e virtuais para que as pessoas continuem exercendo a liturgia. “Bem como poderão fazer suas contribuições financeiras/dízimos para a manutenção estrutural de suas respectivas religiões através de depósitos em contas bancárias, aplicativos(carteira digital), entre outros meios” complementou o juiz.

O magistrado afirma que a medida tem por objetivo buscar a contenção da contaminação Covid-19 no Município de Arapoti e, de igual forma, preservar a saúde e a integridade física de todos os munícipes, inclusive, os fiéis.

Justiça dá prazo de 24 horas para Prefeitura alterar decreto
Deixe seu comentário