Covid-19: Prefeitura afirma que aumentará fiscalização e terá apoio do Exército | Folha Paranaense
Covid-19: Prefeitura afirma que aumentará fiscalização e terá apoio do Exército
21/06/2020 às 20:07

Arapoti – O Ministério Público (MPPR) afirmou neste domingo, 21, que, em resposta à recomendação de fechamento do comércio não essencial por 14 dias, a Prefeitura informou que aumentará a fiscalização das medidas já impostas, inclusive com auxílio do Exército Brasileiro. O município ainda apontou ao MP que fará contratações de novos profissionais de saúde a partir de 29 de junho de 2020. Arapoti tem 72 casos da Covid-19.

A prefeita Nerilda Penna esclareceu que não cumpriria a medida recomendada, por considerá-la ainda precipitada. O MP havia dado um prazo de 24 horas para um posicionamento do Poder Executivo em relação às deliberações da reunião realizada na sexta-feira, 19, pelo comitê municipal de crise da Covid-19, que aprovava um “lockdown”.

Agora, a Promotoria pretende aguardar para analisar o resultado das novas ações prometidas. “Diante, pois, das informações trazidas pelo Município, o Ministério Público em Arapoti informa que, por ora, não tomará medida judicial para cumprimento da recomendação” afirmou o Promotor de Justiça, Esdras Soares Vilas Boas Ribeiro.

“Solicitei o auxílio do Exército, através do Coronel José Jorge dos Santos Júnior, comandante do 5° Esquadrão de cavalaria mecanizada, para auxiliar o Município no enfrentamento e conscientização da população” informou a prefeita em ofício ao MP.

Prefeitura diz que contará com o apoio do Exército

Deixe seu comentário