Paraná perde para o Botafogo e é eliminado da Copa do Brasil | Folha Paranaense
Paraná perde para o Botafogo e é eliminado da Copa do Brasil
27/08/2020 às 10:54

O Paraná Clube não conseguiu superar o Botafogo e está fora da Copa do Brasil. Mesmo com bom volume de jogo – e maior posse de bola – o Tricolor perdeu por 2×1 e se despediu da competição. O foco, agora, se volta totalmente ao Campeonato Brasileiro da Série B, onde o time de Allan Aal lidera e, no sábado, encara o Vitória, na Bahia.

“Lamentamos, pois acredito que fizemos um bom jogo. Criamos várias oportunidades e faltou talvez uma maior tranquilidade para traduzir o que produzimos em campo na classificação”, destacou o treinador paranista. O jogo, além de tudo, teve lances polêmicos. A diretoria paranista deixou a Vila reclamando a não expulsão do zagueiro Kanu, ainda no primeiro tempo.

Precisando da vitória por dois gols para avançar à 4ª fase da Copa do Brasil, o Paraná se lançou ao ataque. Logo no início, Gabriel Pires exigiu uma grande defesa de Gatito. O time seguiu no ataque e aos 17 minutos, após cruzamento de Pires, Renan Bressan bateu prensado com a zaga. Logo depois, Andrey armou o contragolpe, passou pelo seu marcador, mas bateu mal, à esquerda da trave.

Andrey voltou a exigir de Gatito, que deu rebote, mas conseguiu reagir e fez a defesa nos pés de Bruno Gomes. O lance polêmico veio aos 46 minutos. Bruno Gomes roubou a bola de Kanu e seguia na direção do gol quando foi derrubado pelo zagueiro. O árbitro deu vantagem e Bressan bateu para fora. Kanu acabou, assim, levando apenas o cartão amarelo.

No segundo tempo, logo aos 4 minutos, o Botafogo abriu o placar. Na cobrança de escanteio, Benevenuto subiu livre e testou para a rede. A reação do Paraná, porém, foi imediata. Aos 10, após bate-rebate na área, a bola se ofereceu para Thales, que bateu no canto para empatar: 1×1. O Tricolor partiu para a pressão, enquanto o Botafogo se defendia e procurava esfriar o jogo.

Só que o Paraná não encontrava espaços para chegar ao gol e, num contragolpe, já no último minuto, o time carioca escapou e o árbitro marcou pênalti de Juninho. Na cobrança, Danilo Barcelos não perdoou: 2×1, assegurando a classificação e a premiação de R$ 2 milhões. No sábado, o Tricolor vai ao Barradão, onde encara o Vitória.

Paraná Clube 1×2 Botafogo

Paraná: Alisson; Paulo Henrique, Thales, Fabrício e Juninho; Jhony Douglas (Michel), Higor Meritão e Renan Bressan; Gabriel Pires (Marcelo), Bruno Gomes e Andrey. Técnico: Allan Aal

Botafogo: Gatito Fernandez; Rafael Forster, Marcelo Benevenuto e Kanu; Kevin, Caio Alexandre, Honda (Luiz Otávio), Bruno Nazário (Matheus Babi) e Guilherme Santos (Danilo Barcelos); Luís Henrique (Rhuan) e Pedro Raul. Técnico: Paulo Autuóri

Local: Durival Britto (Curitiba-PR)

Árbitro: Vinícius Furlan (SP)

Assistentes: Anderson de Moraes Coelho (SP) e Luiz Alberto Nogueira (SP)

Renda e Público: portões fechados

Gols: Marcelo Benevenuto aos 4’, Thales aos 10’ e Danilo Barcelos (pênalti) aos 52’ do 2º tempo

Cartões amarelos: Higor Meritão, Juninho e Lúcio Flávio (Paraná). Gatito Fernandes, Kanu e Pedro Raul (Botafogo)

Departamento de Comunicação – PRC

Deixe seu comentário