Com polêmica do VAR, Flamengo vence Santos na Vila Belmiro | Folha Paranaense
Com polêmica do VAR, Flamengo vence Santos na Vila Belmiro
31/08/2020 às 10:22

Flamengo conquistou a segunda vitória no Brasileirão Assaí 2020. Na tarde deste domingo (30), o atual campeão foi até a Vila Belmiro enfrentar o Santos, em partida da sexta rodada. Com direito a ‘lei do ex’ de Gabriel Barbosa, o Rubro-Negro derrotou os donos da casa pelo placar de 1 a 0.

O resultado levou o Flamengo a oito pontos conquistados na atual edição da Série A, ocupando a nona colocação. Já o Santos aparece uma posição abaixo, em décimo, com sete pontos na classificação.

O jogo

O duelo entre o campeão e o vice de 2019 começou com tudo. Em um primeiro tempo bastante movimentado, os dois goleiros foram obrigados a trabalhar. Aos seis, Gabriel Barbosa saiu na cara de João Paulo e bateu. O arqueiro, no entanto, fez ótima defesa com a perna. A bola sobrou para Michael, que, de cara para a meta, finalizou para fora.

Aos 34 foi a vez do Santos chegar duas vezes, mas, em ambas, parar em Diego Alves. Felipe Jonatan recebeu e bateu de primeira, obrigando o camisa 1 rubro-negro espalmar. No rebote, Sanchez cruzou na medida para Raniel, que completou de cabeça. Mais uma vez Diego se esticou para impedir o gol do Peixe.

Já nos acréscimos do primeiro tempo, o Flamengo conseguiu finalmente inaugurar o marcador. Depois de cobrança de escanteio no ataque do Santos, Felipe Jonatan perdeu a bola para Gabriel Barbosa, que armou o contra-ataque. O camisa 9 tocou para Michael e apareceu para receber de volta. De cara para João Paulo, Gabriel não desperdiçou e estufou as redes: 1 a 0 para o Rubro-Negro.

Buscando o empate, o Peixe partiu para cima, mantendo um maior volume de jogo no segundo tempo. Aos 17, o time mandante esteve muito perto de igualar o placar. Raniel recebeu na entrada da área e mandou uma bomba de perna direita. Diego Alves mais uma vez foi no cantinho para buscar e mandar para escanteio. Apesar da pressão até os minutos finais, o Peixe não conseguiu furar a defesa rubro-negra.

Deixe seu comentário