Homem invade casa e ameaça mulher com faca em Calógeras | Folha Paranaense
Homem invade casa e ameaça mulher com faca em Calógeras
28/10/2020 às 18:05

Arapoti – Na tarde desta quarta-feira, 28, a Polícia Militar (PM) atendeu a um chamado no Distrito de Calógeras. Uma mulher de 21 anos foi agredida e ameaçada de morte por um ex-companheiro, de 22 anos, que não aceitava o término do relacionamento. Os policiais chegaram até a residência da vítima e prenderam o homem em flagrante.

De acordo com informações coletadas pela PM, a mulher estaria em sua casa quando o ex-convivente, de surpresa, arrombou uma das portas , pegou uma faca na cozinha e perseguiu a vítima afirmando que ia matá-la. Ela conseguiu fugir para um bar localizado ao lado de sua residência, mas o agressor continuou a perseguição.

No estabelecimento, ainda de posse da faca, tentou mais uma vez agredir a mulher que ficou escondida, se protegendo atrás de uma mesa de sinuca. O homem chegou a erguer e derrubar a mesa, mas novamente a vítima conseguiu escapar das mãos do ex-companheiro e correu em direção a casa de um vizinho.

Neste momento, o homem conseguiu agarrar a mulher, a derrubando no chão. Ele teria segurado o pescoço da vítima com grande força para tentar atacá-la com a faca. Algumas testemunhas que presenciaram o fato, conseguiram conter o homem e o levaram para sua residência. A vítima então foi para a sua casa, escondendo a faca debaixo do sofá.

No instante em que ela arrumava as malas para ir embora para a casa de seu pai, ela novamente foi surpreendida pelo homem que estava em posse de outra faca. Ela então teria se colocado de joelhos e implorado pela vida. Foi aí que o agressor, diante da súplica da vítima, acalmou-se e jogou a faca no chão.

Os soldados Mitsuo e Cassol chegaram na hora em que o homem estava encostado na parede e a mulher escondida atrás da cama, em estado de choque. Os policiais deram voz de prisão e encaminharam o agressor até o Hospital Municipal 18 de Dezembro para que recebesse atendimento médico, sendo na sequência levado à Delegacia da Polícia Civil.

Fonte: Polícia Militar (PM)

Deixe seu comentário