sábado, janeiro 16, 2021
Início ESPORTES Palmeiras vence Delfin fora de casa na Libertadores

Palmeiras vence Delfin fora de casa na Libertadores

Com gols de Gabriel Menino (17′ do 1ºT), Rony (de pênalti, aos 35′ do 1ºT) e Zé Rafael (14′ do 2ºT), o Palmeiras superou a equipe do Delfín-EQU por 3 a 1 em duelo válido pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores 2020, no Estádio de Jocay, em Manta (Equador) – o time da casa descontou com Garcés, que contou com desvio de Ramires contra, aos 23 do segundo tempo. O Verdão não pôde contar com 12 nomes infectados pela Covid-19. O jogo de volta, que decide a vaga, acontece na próxima quarta-feira, no Allianz Parque, às 19h15 (de Brasília) e o time que passar de fase enfrentará o vencedor da classificação disputada entre Jorge Wilstermann-BOL e Libertad-PAR.

O triunfo do Palmeiras foi de número 104 do time alviverde na história da Libertadores. Portanto, de quebra, essa vitória faz com que o Verdão seja agora o atual detentor da marca de time brasileiro com mais gols na competição continental, ao lado do Grêmio, que ainda joga pelo duelo de ida das oitavas, também com 104 vitórias.

O jogador Zé Rafael, da SE Palmeiras, comemora seu gol contra a equipe do Delfín SC, durante partida válida pelas oitavas de final (ida), da Copa Libertadores, no estádio Jocay. (Foto: Cesar Greco)

Vale destacar ainda que o banco de reservas do Palmeiras por completo foi composto por jogadores oriundos da base pela primeira vez na história! Algo inédito. Estiveram relacionados para a suplência os goleiros Leandro e Mateus, o zagueiro Renan, os laterais Vanderlan e Lucas Esteves, os meio-campistas Danilo, Vitinho e Juninho e os atacantes Marcelinho, Fabrício e Gabriel Silva.

Este foi o 50º jogo do Verdão na temporada 2020 (agora são 27 vitórias, 16 empates e sete derrotas, com 80 gols marcados e 35 sofridos). O triunfo, aliás, fez com que o Palmeiras mantivesse bons números que possui na temporada, como o de ser o time com o segundo melhor aproveitamento entre todos os clubes no ano: 65% (48 jogos de campeonato, 26 vitórias, 15 empates e sete derrotas) – em primeiro lugar, aparece o Flamengo, com 71,1% (52 jogos, 34 vitórias, nove empates e nove derrotas). Como visitante, o Verdão tem o segundo melhor aproveitamento: 59% (24 jogos, 11 vitórias, oito empates e cinco derrotas) – antes, aparece o Flamengo, com 67,9% (26 jogos, 16 vitórias, cinco empates e cinco derrotas).

Atualmente com 498 partidas registradas contra adversários estrangeiros, o Palmeiras se aproximou ainda mais de chegar à expressiva marca de 500 jogos internacionais em sua história. O primeiro duelo foi contra a seleção paraguaia, em 1922, com vitória palestrina por 4 a 1. Desde então, o retrospecto aponta 292 vitórias, 107 empates, 99 derrotas, 1016 gols marcados e 533 sofridos contra adversários de mais de 30 nacionalidades diferentes, de todos os continentes.

Na Libertadores, especificamente, o Palmeiras chegou a 350 gols em sua história nas participações desde 1961 e segue como o melhor brasileiro no ranking de times com mais bolas na rede da competição latina, na sétima posição (atrás do Cerro Porteño-PAR, com 401 gols em 309 jogos, do Olimpia-PAR, com 442 gols em 311 jogos, do Boca Juniors-ARG, 462 gols em 294 jogos, do Nacional-URU, 549 gols em 391 jogos, do Peñarol-URU, 555 gols em 369 jogos e do River Plate-ARG: 594 gols em 357 jogos)

Com 104 triunfos ao longo de suas 20 participações na Libertadores, o Palmeiras é o time brasileiro que mais venceu na competição, à frente do Cruzeiro, terceiro colocado com 95, e ao lado do Grêmio, também com 104 – o próximo compromisso dos gaúchos é nesta quinta (26), contra o Guaraní-PAR, na capital paraguaia.

Melhor ainda é o retrospecto com visitante. O Palmeiras é o brasileiro com mais vitórias fora de casa na história da Libertadores: são 39 triunfos longe de seus domínios, quatro a mais do que o Cruzeiro, segundo colocado com 34. Nas últimas 15 vezes em que atuou no campo do adversário pela competição, o Verdão venceu 11, empatando duas e perdendo outras duas – a série atual de seis jogos sem derrota como visitante, iniciada em abril do ano passado, é a maior do clube em todos os tempos na Libertadores.

Como mandante, o Palmeiras figura na terceira colocação dentre os times nacionais com mais vitórias: são 65 triunfos, atrás somente dos líderes São Paulo (já eliminado) e Grêmio, ambos com 69. Especificamente em sua casa, contabilizando jogos no Estádio Palestra Italia e no Allianz Parque, o Verdão está a um triunfo de alcançar a 50ª vitória em partidas de Libertadores – hoje são 49 resultados positivos em 68 duelos, além de 13 empates e apenas seis derrotas, com 167 gols marcados e 52 sofridos.

O time foi bem coletivamente. Jogadores como Zé Rafael, Lucas Lima, Ramires e Rony tiveram destaque. Nos aspectos individuais, Rony saiu de campo com duas assistências (para o primeiro gol, de Gabriel Menino, e do terceiro de Zé Rafael) e um gol (de pênalti) – ou seja, participou de todas as bolas na rede da equipe desta noite (o camisa 11, inclusive, com seis assistências, é o garçom máximo da Libertadores 2020 dentre os jogadores de todas as equipes que disputam o torneio).

Desta forma, o Maior Campeão do Brasil segue invicto na CONMEBOL Libertadores com seis vitórias e um empate nos sete jogos disputados na fase de grupos, tendo sido, inclusive, dono da melhor campanha desta etapa da competição continental pelo terceiro ano seguido – feito único neste século.

Tradicional na competição, o Palmeiras é um dos três clubes brasileiros com mais edições de Libertadores disputadas: esta é a 20ª, assim como Grêmio e São Paulo, sendo a quinta vez consecutiva, feito inédito na história alviverde. O Palmeiras ainda carrega a honra de ter sido o primeiro brasileiro a disputar uma final de Libertadores, em 1961 – logo na primeira participação (que foi a segunda edição do torneio), enfrentou o Peñarol-URU na grande decisão e ficou com o vice-campeonato. O Alviverde chegou à final também em 1968, 1999 (campeão) e 2000 e alcançou a fase semifinal em 1971, 2001 e 2018.

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane