quinta-feira, janeiro 21, 2021
Início Crônica Crônica - Novo Ano: encare sem medo!

Crônica – Novo Ano: encare sem medo!

            Certo dia um aluno me perguntou sobre o que deveria fazer para ser reconhecido. Eu fiquei em silêncio durante alguns instantes, com os olhos perdidos nos cartazes que estavam colados nas paredes da sala de aula, como se neles buscasse uma resposta para uma pergunta um tanto desconcertante, especialmente para um professor: – Como ser reconhecido?

            Eu que não possuo o hábito do pessimismo, nem tampouco costumo proferir falsos e otimistas sonhos – ainda sou um adepto do “pé no chão” – então, depois de tomar um profundo fôlego, respondi:

            – Primeiro você deve levantar-se. Fazer por si. Estar para os outros. Encher-se de motivação para poder ter sempre uma energia contagiante carregada de atitudes e exemplos positivos. Deixar as mazelas (especialmente as pequenas – aquelas que mais nos incomodam), de lado. Fazer dos erros, lições para futuros acertos. Deixar de reclamar quando se pode agir. Não querer, jamais, ser outra pessoa (porque cada uma carrega em si o dom de construir o seu próprio destino). Não aspirar a ser melhor que ninguém, a não ser superar-se a cada ato, a cada momento, a cada novo levantar de olhos para um ponto que ainda desconhece. Nunca deixar, nem por uma fração de segundo, o sentimento de inferioridade ou de incapacidade entrar em seu coração. Arriscar-se mais sem ter medo de errar. Mas se o erro chegar, não ter vergonha de dar a volta por cima e começar tudo de novo. Inclinar-se para o lado de Deus. Amar o próximo e o desconhecido.

            – Saiba, eu disse, tudo isso não é questão de conhecimento, de experiência, mas de inteligência, de atitude correta. Não importa de onde você veio – de que família, bairro, cidade, classe social, religião. Interessa sim, para onde você decidiu ir.

            – O que você escolheu ser? Um ser autônomo que canta a sua própria canção ou um medíocre que vive a dançar conforme a música que os outros tocam?

            Vamos “encarar” o NOVO ANO, com fé, esperança de dias melhores, com muito amor próprio e, sobretudo, sem medo de ser feliz !!!

PRÓSPERO E FELIZ 2021.

Davrison de Abreu Anselmo

Professor e Radialista em Ibaiti – PR

davrison@gmail.com

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane