sexta-feira, novembro 26, 2021
Início ESPORTES Furacão fica no empate contra o líder São Paulo

Furacão fica no empate contra o líder São Paulo

Poderia ter sido melhor. Neste domingo (17), o Furacão enfrentou o São Paulo e saiu na frente, mas sofreu o empate em um gol na segunda etapa. Um ponto somado diante do líder do campeonato, em um jogo que o Athletico mostrou que tinha condições para vencer.

O Jogo

O jogo começou com o Athletico chegando ao ataque com mais perigo. Mas a defesa são-paulina estava ligada no cruzamento de Nikão e nas finalizações de Fernando Canesin e Carlos Eduardo.

Aos 31’, em um lançamento de Santos, Nikão ganhou de Luan na corrida e trombou com Tiago Volpi. A bola sobrou para Canesin, que iria dominar com o gol livre mas foi derrubado. O árbitro não marcou a falta.

Logo depois, nada conseguiu parar o ataque do Furacão. Canesin roubou a bola no meio e tocou para Nikão. O camisa 11 disparou puxando o contra-ataque e tocou na direita. Carlos Eduardo dominou e rolou para Renato Kayzer, que bateu de primeira. Athletico na frente!

No segundo tempo, o Rubro-Negro começou novamente melhor. Kayzer e Christian tiveram boas chances. O São Paulo logo equilibrou o jogo e passou a ter mais a posse de bola, mas não conseguia passar pela marcação.

Só mesmo com uma boa dose de sorte o time paulista conseguiu empatar. Aos 15’, Tchê tchê bateu forte de fora da área, a bola desviou na defesa e saiu do alcance de Santos.

Após o empate, o Athletico voltou a ter mais volume de jogo. O segundo gol poderia ter saído em um chutaço de Christian de fora da área, que nem Volpi sabe como conseguiu defender. Canesin também esteve perto de marcar em um chute bloqueado pela defesa.

Aos 31’, um lindo passe de Carlos Eduardo encontrou Vitinho na grande área. O piá do Caju girou para cima de Reinaldo e ficaria na cara do gol, mas foi derrubado pelo lateral tricolor, que foi só no corpo do athleticano. Inexplicavelmente, nem o VAR marcou o pênalti.

No final, o Furacão tentou com as entradas de Reinaldo e Walter, que assustou o goleiro em um chute sem ângulo. E o placar do Caldeirão ficou mesmo no 1 a 1.

O Athletico volta aos gramados na próxima quarta-feira (20), contra o Bahia, às 18h, em Salvador.

Ficha técnica: Athletico Paranaense 1×1 São Paulo
Campeonato Brasileiro 2020: 30ª rodada
Data: 17/01/2021
Horário: 16h
Local: Estádio Joaquim Américo

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
Quarto árbitro: Leonardo Sígari Zanon (PR)
Árbitro de vídeo: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

Athletico Paranaense: Santos; Jonathan (Khellven, aos 30’ do 2º tempo), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian e Fernando Canesin (Walter, aos 45’ do 2º tempo); Nikão, Renato Kayzer (Vitinho, aos 22’ do 2º tempo) e Carlos Eduardo (Reinaldo, aos 45’ do 2º tempo)
Técnico: Paulo Autuori
Gol: Renato Kayzer, aos 38’ do primeiro tempo
Cartões amarelos: Fernando Canesin e Carlos Eduardo

São Paulo: Tiago Volpi; Juanfran (Igor Vinícius, aos 44’ do 2º tempo), Arboleda, Bruno Alves (Vitor Bueno, no intervalo) e Reinaldo; Luan, Daniel Alves, Tchê Tchê, Gabriel Sara (Gonzalo Carnero, aos 37’ do 2º tempo) e Igor Gomes (Pablo, aos 31’ do 2º tempo); Brenner
Técnico: Fernando Diniz
Gol: Tchê Tchê, aos 15’ do segundo tempo
Cartão amarelo: Arboleda

Fotos: Mauricio Mano/athletico.com.br

- Advertisment -