domingo, agosto 1, 2021
Início Notícias Locais MP processa Estado por superlotação e surto de Covid-19 na cadeia de...

MP processa Estado por superlotação e surto de Covid-19 na cadeia de Arapoti

Arapoti – O Ministério Público (MP-PR) ajuizou nesta sexta-feira, 19, Ação Civil Pública contra o Estado do Paraná. O motivo é a superlotação da Cadeia Pública, que é administrada pelo Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (DEPEN) e a falta de condições de higiene aos detentos que estão sofrendo com um surto de Covid-19 e outras doenças.

A capacidade da cadeia de Arapoti é de 36 detentos, sendo que no momento abriga 81 presos. De acordo com a ação protocolada pelo MP, para piorar a situação um surto de Covid-19 atingiu ao menos nove detentos e mais um agente penitenciário. De acordo com relatos de parentes de detentos, os presos com suspeita da doença não estão sendo isolados dos demais, agravando o problema.

Estamos ajuizando hoje em face do Estado do Paraná esta ação, pois a superlotação da cadeia de Arapoti se tornou um grave problema, e gerou uma crise sanitária, com surto de COVID-19 no local, sendo que não tem havido separação de presos com ou sem COVID-19″ comentou o Promotor de Justiça, Esdras Soares Vilas Boas Ribeiro.

O MP pede na ação que fiquem em Arapoti somente os presos provisórios, que hoje são 26 e que os condenados (55) sejam encaminhados aos presídios, conforme determina a lei.

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane