segunda-feira, maio 17, 2021
Início Notícias Locais Polícia esclarece homicídio de homem encontrado morto na estrada para fábrica de...

Polícia esclarece homicídio de homem encontrado morto na estrada para fábrica de papel

Arapoti – No último domingo, 25, um homem ainda não identificado foi encontrado morto com golpes de faca na estrada municipal DR-01 que liga a sede do município à fábrica de papel. O cadáver havia sido desovado a poucos metros de uma balança de pesagem de caminhões. As investigações transcorreram em sigilo durante a semana e chegou-se a um dos suspeitos do crime, um jovem de 18 anos. Ele estava envolvido em uma tentativa de homicídio em Jaguariaíva e teria confessado o crime cometido em Arapoti.

 De acordo com release divulgado pela Polícia Civil neste sábado, 1º, em continuidade às investigações realizadas pela Polícia Civil de Jaguariaíva, relativas à tentativa de homicídio ocorrida no último sábado, 24, na qual um homem de 40 anos foi esfaqueado em virtude de dívidas relativas ao tráfico de drogas, tendo parte do seu intestino saído para fora da cavidade abdominal, foram empreendidas novas diligências que resultaram na identificação do coautor dos fatos, o jovem de 18 anos.

Diante do exposto, o Delegado Derick Moura Jorge representou pela decretação da sua prisão preventiva, sendo tal pleito deferido e cumprido na manhã deste sábado, no bairro Vila Kennedy II, em Jaguariaíva/PR.

Envolvimento com o crime em Arapoti

Além desse primeiro caso, a Polícia identificou a relação com o assassinato ocorrido no domingo, 25, quando foi localizado, já sem vida, o corpo de um homem nas imediações da Fábrica de Papel, vítima de mais de vinte golpes de faca. Desde o início, foram empreendidos diversos trabalhos para o esclarecimento do caso. Como não se havia notícias de ocorrência de  desentendimentos ou agressões ocorrida na cidade de Arapoti, o Setor de Investigações da Polícia Civil do município fez contatos com várias equipes da região, especialmente com a de Jaguariaíva e Sengés.

A partir da troca de informações e trabalhos de inteligências, foi possível apurar que os autor de tal crime, acompanhado de outros dois comparas, teria sido o mesmo homem de 18 anos, preso nesta manhã em Jaguariaíva. Com isso, os três foram detidos na manhã deste sábado e levados para a Delegacia. Em interrogatório, o homem confessou a prática do crime ocorrido em Arapoti, informando com detalhes o modo pelo qual se deram os fatos.

A polícia agora apura no inquérito policial se há relação entre o homicídio e o tráfico de drogas.  “Relevante enaltecer que a identidade de tal vítima ainda é desconhecida, sabendo-se tratar de um morador de rua de Jaguariaíva” disse o delegado Derick. As diligências realizadas na manhã deste sábado em Jaguariaíva contaram com a participação de policiais civis de Jaguariaíva, Arapoti e Sengés.

O homem, de 18 anos, foi conduzido à Cadeia Pública de Jaguariaíva, onde permanece à disposição das autoridades competentes. “Importante ressaltar o comprometimento e a união das equipes policiais que não mediram esforços para o rápido esclarecimento do caso” complementou o delegado.

Fonte: Polícia Civil

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane