terça-feira, dezembro 7, 2021
Início Notícias Regionais Paraná já aplicou mais de 6 milhões de vacinas contra Covid-19

Paraná já aplicou mais de 6 milhões de vacinas contra Covid-19

Mais de seis milhões de vacinas contra o coronavírus já foram administradas no Paraná. O marco foi alcançado pelo Estado nesta terça-feira (6), chegando a 6.020.719 doses aplicadas. Deste total, 4.598.674 são primeiras doses (76,4%), 1.355.379 segundas doses (22,5%) e 66.666 doses únicas (1,1%).

Neste contexto, 53,5% da população adulta do Paraná já recebeu ao menos uma dose da vacina e 16,31% já está completamente imunizada (com segunda dose ou dose única). A meta da Secretaria Estadual da Saúde é de aplicar a primeira dose ou dose única em 80% da população-alvo até agosto e 100% até setembro.

Das vacinas administradas, a mais aplicada é a Covishield, da parceria AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, com 48,1% do total de doses utilizadas. Na sequência, está a Coronavac (Instituto Butantan/Sinovac), com 40,2%; a Cominarty (Pfizer/BioNTech), com 10,5%; e a Janssen (Johnson & Johnson), com 1,1%.

“Alcançamos mais um importante marco na imunização da população paranaense. O quantitativo de doses recebidas tem aumentado e isso vai nos facilitar na tarefa de vacinar a população toda. Com vacinas à disposição, temos condições de vacinar mais paranaenses e fazer com que a circulação do vírus, o número de casos e a ocupação dos leitos hospitalares possam diminuir”, afirmou Beto Preto, secretário da pasta.

Os dados são do Vacinômetro do Sistema Único de Saúde (SUS), vinculado ao Ministério da Saúde.

MUNICÍPIOS – Em números absolutos, a cidade que lidera a aplicação de imunizantes no Paraná é Curitiba, com 1.090.389 doses, seguida por Maringá (331.922), Londrina (316.066), Cascavel (185.170) e São José dos Pinhais (149.409).

Completam a lista Ponta Grossa (148.707), Foz do Iguaçu (138.706), Colombo (92.074), Paranaguá (87.083), Guarapuava (83.831), Toledo (71.588), Apucarana (70.000), Arapongas (67.755), Umuarama (63.681) e Pinhais (59.766).

No Ranking da Vacinação, que mede a proporção em relação à população, os destaques, em primeira dose, são São Jorge d’Oeste, Santa Cecília do Pavão, Pontal do Paraná, Diamante do Norte, Barra do Jacaré e Maringá. Contando a imunização completa, Diamante do Norte, São Jorge d’Oeste, Nova Laranjeiras, Maringá e Terra Roxa.

Nesta semana, os municípios já estão aplicando as 909.550 doses da 28ª remessa do Ministério de Saúde, a maior já recebida pelo Paraná. As vacinas foram entregues ao longo das duas últimas semanas aos 399 municípios.

TAXA DE TRANSMISSÃO – Além do avanço na vacinação, o Paraná também apresentou melhora na ocupação dos leitos de UTI exclusivos para Covid-19 e na taxa de transmissão (Rt) do vírus no Estado.

Nesta terça-feira, a taxa de ocupação de UTIs baixou para 87%, reforçando uma tendência de redução no sistema hospitalar. Nesta segunda (5), o índice caiu para menos de 90% pela primeira vez em quatro meses.

Já a taxa de transmissão, número que indica a velocidade de contágio pelo vírus por região, também apresentou queda. Atualmente, o índice está em 0,81 – o mais baixo do Brasil, empatado com a Bahia.

Os dados são do Loft.Science, plataforma que calcula o Rt médio de todos os Estados e do País a partir de um algoritmo. O Rt indica quando o contágio pelo vírus está acelerado (maior que 1), estável (igual a 1) ou em remissão (menor que 1) – único cenário que aponta uma melhora na situação epidêmica. Quanto mais próximo de zero, menores as chances de contágio.

A Rt está em queda no Paraná desde 1º de julho, quando a taxa foi de 1,09 para 0,99. O número continua reduzindo desde então, apontando para uma tendência de diminuição da transmissão no Estado.

AEN/PR

- Advertisment -