sexta-feira, novembro 26, 2021
Início ESPORTES Com dois gols de Savarino, Galo vence o Flamengo

Com dois gols de Savarino, Galo vence o Flamengo

Terceiro triunfo consecutivo do Atlético-MG no Brasileirão Assaí. Na noite desta quarta-feira (7), no Mineirão, Savarino balançou duas vezes as redes na segunda etapa e deu a vitória ao Galo por 2 a 1 sobre o Flamengo, que descontou com Arão no duelo válido pela 10ª rodada da competição. Com o resultado, o Galo aparece em quarto, com 19 pontos. Já o time carioca é o 11º, com 12.

O jogo

Nada de gols na etapa inicial entre Atlético-MG e Flamengo no Mineirão. Apesar disso, as duas equipes criaram boas chances para abrir o placar em Belo Horizonte. Logo aos três minutos, o Rubro-Negro vacilou na saída de bola, Savarino ficou com ela, tabelou com Hulk e chutou por cima do gol. A resposta do Flamengo veio na sequência, aos cinco, quando Pedro finalizou firme mas parou no goleiro Everson.

Mais tarde, o Galo teve contra-ataque com Júnior Alonso, que carregou e cruzou rasteiro para Savarino, mas Filipe Luís apareceu para cortar e salvar a equipe do Rio de Janeiro. Depois, aos 30, Bruno Henrique recebeu livre na entrada da grande área, chutou forte mas acabou bloqueado por Réver.

Só que o Galo voltou com tudo do intervalo, e fez dois gols em dois minutos. O primeiro aconteceu aos cinco, quando a bola sobrou para Savarino na área tocar na saída de Diego Alves e abrir o placar. Depois, aos sete, Mariano saiu em velocidade pela direita, ganhou de Filipe Luís e cruzou rasteiro para Savarino fazer o segundo.

O terceiro do Atlético-MG quase aconteceu aos 13, quando Arana cruzou para Nathan Silva cabecear no cantinho, mas ficou na defesa de Diego Alves. A primeira boa chegada do Fla foi só aos 27, quando Arrascaeta arriscou chute de fora da área e tirou tinta da trave de Everson.

O Rubro-Negro ainda tentou nos minutos finais. Aos 42, Renê bateu escanteio na área, Willian Arão subiu no terceiro andar e cabeceou para diminuir o prejuízo flamenguista. Em seguida, aos 45, Arrascaeta saiu cara a cara com Everson, mas parou em grande defesa do goleiro atleticano.

CBF

- Advertisment -