sábado, novembro 27, 2021
Início Notícias Locais Prefeitura apresenta proposta de espaço para artesãos jaguariaivenses

Prefeitura apresenta proposta de espaço para artesãos jaguariaivenses

Jaguariaíva – A prefeita Alcione Lemos, juntamente com a equipe da Secretaria Municipal de Turismo e Meio Ambiente (SETMA), reuniu-se na terça-feira, 19, com um grupo de cerca de 20 artesãos do município. O tema do encontro foi o papel dos artistas na retomada do Turismo e a disponibilização de um espaço para a exposição e comercialização das artes.

A chefe do Executivo salientou que a pauta faz parte de sua proposta de governo e já é um projeto em andamento em sua gestão. “Estamos trabalhando para que o Turismo se torne uma atividade rentável no município, que promova desenvolvimento econômico e distribuição justa e social dos benefícios. O intuito desse trabalho com os artesãos é imprimir nos produtos artesanais a identidade do município, criar uma marca, oportunizando ao turista a aquisição de souvenirs que remetam ao patrimônio natural e cultural de Jaguariaíva.”, afirmou a prefeita.

A secretária Sandra Negrini destacou que os artesãos, assim como a rede hoteleira, gastronômica, operadores de turismo, enfim, comércio em geral, são parte do movimento de retomada sustentável e organizada. “O Turismo melhora a qualidade de vida dos moradores, traz projeção para o município, inclusive para receber novos investimentos, tanto públicos, quanto privados”, reforçou.

A reunião foi realizada na Casa da Cultura “Prof. Dr. João Batista da Cruz”, onde a secretária da pasta de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SMECEL), Erla Mello, frisou a importância do local, recém revitalizado, para a construção da identidade cultural do município.

Na oportunidade, foi apresentada a costura de uma parceria com o Sebrae para a capacitação dos artesãos, enquanto empreendedores, melhorando questões como estratégia de vendas, e-commerce, facilidades de pagamento para o cliente e apresentação de produtos.

O diretor de Turismo, Rafael Pomim, falou sobre a cadeia produtiva do turismo e citou como exemplo outras cidades já consolidadas como polos turísticos.

O espaço coletivo disponibilizado aos artesãos será na Estação Cidadã Durvalino de Azevedo, onde os produtos terão a visibilidade do público.

De acordo com o diretor de Patrimônio Imóvel, o advogado Alan Miranda, os artesãos que pretendem ter acesso aos locais devem estar cadastrados em uma associação e também junto à secretaria responsável.

O diretor de Cultura da SMECEL, Vinicius Schadner, apresentou a possibilidade de cadastramento dos artistas para receber recursos da Lei Aldir Blanc, na qual o município já está cadastrado.

Estiveram presentes cerca de 20 artesãos, incluindo representantes da Associação Gente Valente e Aciaja.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Jaguariaíva

- Advertisment -