terça-feira, agosto 16, 2022
Início Notícias Locais 7x1: Câmara aprova Projeto para concessão do Hospital 18 de Dezembro

7×1: Câmara aprova Projeto para concessão do Hospital 18 de Dezembro

Arapoti – A Câmara Municipal aprovou em 1º turno na última Sessão Ordinária do ano, realizada nesta segunda-feira (13), por sete votos a um, o Projeto de Lei 2308/2021 que autoriza a Prefeitura a firmar contrato de concessão de administração e uso das instalações do Hospital 18 de Dezembro para a iniciativa privada. Para seguir para sanção do prefeito Irani Barros (PSDB), o Projeto precisa passar ainda por segunda votação em Sessão Extraordinária, convocada para a próxima quinta-feira (16), às 9 horas, com transmissão ao vivo pelas plataformas digitais do Poder Legislativo. O único voto contrário foi o do vereador Deolindo Aparecido da Cruz (Dikinho).

A pedido dos vereadores, a segunda votação do projeto só vai acontecer após a realização da Audiência Pública que vai apresentar e debater o Termo de Referência ou Projeto Básico, que é o documento onde se especifica o objeto a ser licitado, bem como todos os elementos necessários para a contratação e execução do serviço. A Audiência convocada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) acontece nesta quarta-feira, 15 de dezembro, às 19 horas, na Câmara Municipal de Arapoti.

ENTENDA O PROJETO

O Projeto de autoria do Poder Executivo prevê a concessão de administração e uso das instalações do Hospital 18 de Dezembro – para efetivar a sua reabertura – para uma empresa terceirizada, a ser definida através de processo licitatório. Estão previstos a reabertura do centro cirúrgico, bem como atendimento de urgências e emergências clínicas 24 horas. Segundo a proposta também haverá atendimento ortopédico e obstétrico.

Segundo dados do Sistema de Informações Hospitalares, em 2020 o Hospital 18 de Dezembro transferiu para outros estabelecimentos hospitalares mais de 1,2 mil pacientes de média e alta complexidade, uma média de três pacientes por dia. “Com a reabertura do centro cirúrgico para cirurgias de média complexidade mais de 70% dos pacientes deixarão de ser encaminhados para outros municípios e serão atendidos em nosso hospital. Será oferecido mais conforto ao paciente por não precisar se deslocar de sua cidade para realizar um procedimento; com a diminuição das viagens teremos uma redução de custos com combustíveis, diárias e manutenção dos veículos”, justificou a Prefeitura.

Com Assessoria da Câmara de Arapoti

- Advertisment -