segunda-feira, julho 4, 2022
Início Notícias Regionais PM desmonta quadrilha que roubava propriedades rurais na região

PM desmonta quadrilha que roubava propriedades rurais na região

Na manhã desta quarta-feira, 09, Policiais Militares do 4º CRPM apoiados por equipes do pelotão de Choque e ROTAM do 1º BPM e da Receita Federal deram cumprimento a mandados de busca e apreensão, encerrando a Operação denominada “Piratas da Estrada”.

A Operação teve início há aproximadamente cinco meses, tendo como foco principal uma quadrilha que agia em diversos tipos de roubos em propriedades rurais, roubos de cargas etc nos municípios dos Campos Gerais. Um dos traços da organização criminosa era que suas ações sempre ocorriam com emprego de vasto armamento.

Na ação desencadeada nesta quarta, finalizando a operação, foi dado cumprimento a seis Mandados de Busca e Apreensão na cidade de Ponta Grossa e outros dois no Distrito Alto do Amparo, município de Tibagi. A ação resultou na prisão de três pessoas, além da apreensão de 970 gramas de maconha, cinco armas de fogo, uma arma de pressão, um rádio PX e um gerador de energia recuperado.

Durante todo o período da operação, foram presas 15 pessoas, apreendidos 18 quilos de maconha, além de 11 armas de fogo, quatro veículos, 200 litros de óleo diesel e R$ 3.700,00 em diheiro. Dentre equipamentos foram recuperados; uma carreta carregada com óleo vegetal , um cavalo mecânico com alerta de roubo, um caminhão carregado com peixes, um veículo Polo com alerta de furto, uma carga de adubo (recuperada pela Polícia Federal) e um cavalo mecânico acoplado ao semi reboque junto de uma carga de arroz, recuperado em Santa Catarina.

Toda a operação foi planejada pelo 4º CRPM após a percepção de que tais crimes estavam assolando os municípios que integram a região dos Campos Gerais, causando sensação de intranquilidade. Desta forma, a retirada dos criminosos e dos meios que estes usavam para a prática de crimes, restituirá a ordem pública na região e certamente evitará novos crimes com este modus operandi.

Fonte: PM

- Advertisment -