50ª Expoleite homenageia pioneiros e resgata trajetória da pecuária leiteira na região com exposição de museu

Evento acontece entre os dias 11 e 13 de julho em Arapoti/PR com diversas atrações gratuitas para a comunidade

50ª Expoleite homenageia pioneiros e resgata trajetória da pecuária leiteira na região com exposição de museu

Arapoti - Em 50 edições, a Expoleite se consolida como um dos principais eventos do calendário do agronegócio brasileiro. Além de uma programação que destaca as tendências e inovações do agro e atrações recreativas para a comunidade, a feira é reconhecida nacionalmente pela exposição e julgamento do gado holandês criado por pequenos, médios e grandes produtores locais, cujos animais se destacam pela robustez e qualidade genética.

Por conta da edição comemorativa da Expoleite, a Capal Cooperativa Agroindustrial, responsável pelo evento, presta uma homenagem às famílias dos pioneiros que iniciaram a produção de leite décadas atrás e que hoje se sentem orgulhosos de ver a região ser a segunda maior bacia leiteira do Brasil.

Nos três dias da Expoleite, parte do acervo do Museu Imigrante Holandês (MIH) estará disponível para visitação gratuita. A exposição é intitulada "Do balde ao pé à robotização: o legado da pecuária leiteira da Capal na Expoleite", e vai contar com cinco temas: Primeiros passos da pecuária leiteira em Arapoti,  Manejo do gado leiteiro, Avanços tecnológicos e melhoramentos genéticos, Trajetória da Expoleite e Sucessão familiar.

A pesquisa histórica realizada para a exposição especial na Expoleite incluiu análises documentais e entrevistas com produtores rurais para que o público tenha acesso facilitado às informações.

A exposição será composta por dezenas de fotografias distribuídas em dez painéis. O espaço do museu também conta com 20 objetos vinculados às primeiras décadas da atividade leiteira, como ordenhadeira, barris de leite, ferramentas usadas para alimentação do rebanho e limpeza dos estábulos, utensílios para a inseminação das fêmeas, entre outros itens. No local, haverá a presença de um colaborador monitor do MIH e membros voluntários para esclarecer dúvidas dos visitantes.

“O Museu Imigrante Holandês decidiu em parceria com a Capal, no marco das 50 edições, levar para a comunidade um pouco dessa trajetória, que partiu da colônia holandesa de Arapoti e depois se expandiu. Para o museu, é uma grande oportunidade estar na Expoleite porque há um público vasto que circula no evento que terá acesso à cultura, à história e à educação. Com essa visibilidade, também temos a intenção de divulgar as ações e a agenda cultural do museu na busca por novos parceiros que, como a Capal, apoiam a difusão do conhecimento”, declara Osvaldo Matos, historiador e coordenador do MIH.

Outra iniciativa promovida pela Expoleite em homenagem aos pioneiros é a reunião Café com Bolo entre cooperados mais antigos e suas famílias para um momento de confraternização.

Todas as informações da Expoleite 2024 podem ser encontradas no site www.capal.coop.br  ou no Instagram da cooperativa (@capal_cooperativa).