Capal apresenta iniciativa da Cooperativa Escolar para estudantes de Arapoti/PR

Proposta pedagógica tem como objetivo desenvolver cidadãos mais solidários, empreendedores e proativos na sociedade

Capal apresenta iniciativa da Cooperativa Escolar para estudantes de Arapoti/PR

Arapoti - Em uma iniciativa pioneira no município, a Capal Cooperativa Agroindustrial oferece para os estudantes a oportunidade de participarem da Cooperativa Escolar, um projeto educativo transformador que visa incutir nos jovens os princípios e práticas do cooperativismo. A proposta pedagógica tem como objetivo desenvolver cidadãos mais solidários, empreendedores e proativos na sociedade.

O projeto-piloto da Capal está sendo desenvolvido no Colégio Colônia Holandesa, com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental até o 1º ano do Ensino Médio. 

A Cooperativa Escolar tem o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Paraná (Sescoop/PR) para o seu desenvolvimento. O programa inclui a preparação e organização de uma cooperativa real, onde as crianças terão a oportunidade de vivenciar todos os aspectos de uma cooperativa autônoma, desde a concepção até a comercialização de um produto criado por elas.

Atualmente, os alunos estão na etapa de definir qual será o produto (objeto de aprendizagem) que será vendido na cooperativa. Projetos anteriores já optaram por velas artesanais, bolachas (cookies), cestas, a manutenção de uma horta para a comercialização de vegetais, entre outros exemplos. Todos os encontros, realizados no contraturno escolar, são conduzidos por uma professora que orienta os alunos nessa jornada educativa. 

Outras funções que serão desempenhadas pelas crianças incluem a criação da logomarca, o estatuto com todas as cláusulas e demais processos que antecedem a primeira assembleia de constituição da cooperativa. 

“Acredito  que o mais incrível desse projeto é como as crianças e adolescentes passam a descobrir quanto é transformador a vivência do cooperativismo em sua prática. E por meio desse contato, eles não só aprenderão sobre empreendedorismo e gestão cooperativa, mas também desenvolvem habilidades sociais essenciais como liderança, tomada de decisão democrática e trabalho em equipe, aprendizados que podem ser aplicados dentro e fora da sala de aula”, comenta Aline Brizola, analista de Gestão de Pessoas da Capal.