Cerca de 500 atletas de 46 cidades participam do 8º Desafio de Rua

Evento de corrida e caminhada conhecido pela “baita subida” movimentou a cidade de Arapoti/PR na última quarta-feira (1º)

Cerca de 500 atletas de 46 cidades participam do 8º Desafio de Rua

Arapoti - Cerca de 500 atletas enfrentaram a ‘baita subida’ na manhã da última quarta-feira (1º), feriado do Dia do Trabalhador. A oitava edição do Desafio de Rua Capal recebeu pessoas de 46 cidades dos estados do Paraná e São Paulo, como Ponta Grossa, Castro, Curitiba, Telêmaco Borba, Carambeí, Siqueira Campos, Taquarivaí e Fartura. Os inscritos participaram de corrida 5km ou 10 km ou caminharam pelas ruas desafiadoras da cidade. 

O evento, que já é uma tradição da cooperativa, foi dividido em duas modalidades: público interno da Capal e o público externo, com atletas e comunidade em geral. O objetivo é incentivar a prática de esportes e a aproximação da cooperativa com a comunidade. 

“O Desafio de Rua é um momento muito importante, pois estamos levando cada vez mais longe o nome da cooperativa para todo esse público que gosta do esporte e da corrida, além de mostrarmos também as belezas de Arapoti. E nós juntamos tudo isso e fizemos um evento maravilhoso. Mesmo ocorrido no meio da semana, alcançamos um bom número de inscritos. Isso mostra que o nosso evento caiu no gosto da população e faz com que todos consigam unir o trabalho, a família e o esporte”, destaca o presidente-executivo da Capal, Adilson Roberto Fuga. 

O presidente do Conselho de Administração, Erik Bosch, comemora que a cada edição o Desafio de Rua traz melhorias. “Foi tudo muito bem-organizado, com água em todos os pontos e voluntários muito agradáveis nos incentivando. Esse é um apoio moral importante e por isso sabemos que temos que continuar com esse evento”, diz. 

Atletas 

Everton Domingues Garcia, 43 anos, levou o 1º lugar geral nos 10 km. Ele veio da cidade de Fartura (SP) e contou que, mesmo com a experiência em outras corridas, o percurso em Arapoti foi bastante desafiador. “Eu sou corredor amador, mas adoro correr. Essa foi a minha primeira vez aqui na cidade e foi maravilhoso enfrentar o percurso. É um orgulho para mim e agora pretendo começar a treinar as minhas filhas também, porque eu não pretendo parar tão cedo”. 

A atleta Aparecida Cândido é de Carambeí (PR) e ficou em 1º lugar nos 5 km da faixa etária 60-69 anos. Para ela, a corrida é o melhor caminho para melhorar a saúde. “Comecei a correr por causa do colesterol alto e hoje eu corro porque eu gosto. A minha presença já está confirmada para o próximo ano”, garante. 

Colaborador da Capal há 10 anos, Adil Antônio Mariano já participou de quatro edições da corrida e comemora a classificação em 4º lugar na categoria público interno, 30-39 anos. “O evento que a Capal promove é bom para a saúde e condicionamento físico dos funcionários, principalmente para aqueles que trabalham sentados.”

O professor de educação física Luiz Henrique atua como treinador dos integrantes da equipe L2A Assessoria de Corrida, um grupo de corredores de Ponta Grossa. “Para nós é um imenso prazer. Estivemos aqui no ano passado com 12 pessoas e gostamos tanto que voltamos para a oitava edição com o dobro de participantes. É uma prova muito organizada, com todos preocupados em nos atender e nos orientar. Esse é um evento que já está no nosso calendário.”