quinta-feira, dezembro 2, 2021
Início ESPORTES Com recorde de público no Allianz Parque, Palmeiras bate Corinthians pelo Brasileirão

Com recorde de público no Allianz Parque, Palmeiras bate Corinthians pelo Brasileirão

palmeiras23 anos depois do título do Paulistão de 1993, o Palmeiras voltou a reencontrar o Corinthians em um 12 de junho e novamente mostrou sua força no Dia da Paixão Palmeirense: vitória por 1 a 0, com gol de Cleiton Xavier, pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida ainda marcou o recorde de público do Allianz Parque: 39.935 torcedores acompanharam o clássico.

Com o resultado, o Verdão assume o segundo lugar no Campeonato Brasileiro com 15 pontos, um atrás do líder Internacional. O próximo compromisso será na quarta-feira (15), às 21h45, diante do Coritiba, no estádio Couto Pereira.

O jogo

Jogando com a torcida inteira a favor, o Palmeiras tomou conta da partida nos instantes iniciais e teve a primeira grande chance aos oito minutos. Tchê Tchê encontrou Gabriel Jesus, que, cara a cara com Walter, chutou travado por Felipe.

Os alvinegros responderam no minuto seguinte, quando Bruno Henrique invadiu a área e dividiu com Fernando Prass, mas Edu Dracena chegou debaixo das traves para afastar e salvar o Verdão.

Mesmo com o domínio palmeirense, o Corinthians buscava equilibrar as ações e a marcação das duas equipes se sobressaía. As melhores oportunidades do Palmeiras surgiam em arrancadas de Dudu e Gabriel Jesus pelo lado esquerdo.

Aos 42, Uendel levou até a linha de fundo e cruzou para trás. Giovanni Augusto dominou e bateu cruzado, mas a bola passou à direita do gol de Prass.

Após uma primeira etapa pouco movimentada, o Verdão voltou para o segundo tempo disposto a mudar o cenário da partida.

Logo aos dois minutos, Dudu partiu em contra-ataque e enfiou para Moisés. O meia invadiu a área e bateu para defesa de Walter, mas, no rebote, Cleiton Xavier – que substituiu Róger Guedes no intervalo – tocou de cabeça para as redes. (Palmeiras 1 x 0 Corinthians)

O Corinthians tentou a resposta na sequência. Uendel cobrou falta da esquerda, Fernando Prass afastou de soco e Cristian bateu forte, mas a bola passou por cima do travessão.

Com o jogo mais aberto na etapa final, o Palmeiras buscou o ataque novamente aos oito. Gabriel Jesus encontrou Dudu livre na esquerda, o camisa 7 limpou a marcação de Felipe e chutou forte, exigindo grande defesa de Walter.

Três minutos depois, Guilherme recebeu na grande área após cobrança de falta e finalizou cruzado, mas a bola explodiu na trave.

Aos 17, Fagner vacilou na defesa corintiana e perdeu a bola para Jesus, que avançou e encheu o pé no canto esquerdo, obrigando Walter a fazer outra boa intervenção.

Mostrando maior volume de jogo, o Palmeiras seguia apertando o rival em busca do segundo tento. Aos 27, após cobrança de lateral, a bola sobrou para Gabriel Jesus, que bateu cruzado levando muito perigo ao gol alvinegro.

No minuto seguinte, nova chance palestrina: Tchê Tchê recebeu na entrada da área e chutou rasteiro de pé esquerdo, mas a bola passou raspando a trave de Walter.

Aos 39, Zé Roberto passou com facilidade por Fagner e cruzou na cabeça de Gabriel Jesus, que cabeceou a bola por cima do gol do Corinthians, perdendo ótima chance. Dois minutos depois, foi a vez do camisa 33 ajeitar para Moisés chutar de fora da área, mas Walter segurou firme.

Com Matheus Sales e Rafael Marques nas vagas de Moisés e Dudu, o Palmeiras segurou o resultado nos minutos finais e garantiu a terceira vitória consecutiva no Campeonato Brasileiro.

Escalação: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Edu Dracena e Zé Roberto; Thiago Santos, Jean e Moisés (Matheus Sales); Dudu (Rafael Marques), Róger Guedes (Cleiton Xavier) e Gabriel Jesus.

Cartões amarelos: Jean, Zé Roberto, Edu Dracena e Moisés

Gol

Palmeiras: Cleiton Xavier (2’ – 2º tempo)

- Advertisment -