Irani esclarece pedido de impugnação de chapa rival | Folha Paranaense
Irani esclarece pedido de impugnação de chapa rival
09/10/2020 às 10:17

Arapoti – A chapa “Renova Arapoti” entrou com um pedido de impugnação contra as candidaturas a prefeito de Irani Barros (PSDB) e a de vice-prefeito Jan Pot (Potinho) do MDB. Eles alegaram que a dupla da coligação “Com União a Gente Cresce” teria desrespeitado a determinação eleitoral que proíbe candidatos ao Executivo de participarem de inaugurações públicas até três meses antes das eleições.

O fato aconteceu no último dia 1º de outubro na cidade vizinha Jaguariaíva, quando na oportunidade foram inauguradas as primeiras residências do condomínio do idoso do Estado do Paraná e que contaram com a presença do Governador Carlos Massa Ratinho Jr. e demais autoridades.

 O que causou estranheza aos integrantes da coligação “Com União a Gente Cresce” foi o pedido ter partido da chapa rival, sendo que seus candidatos a prefeito e vice, João Altair Albertti (Taíco) e Valderi Brizola (Biribas) também estavam presentes participando da inauguração. “Ficamos surpresos que o motivador da referida denúncia também esteve presente no mesmo local, inclusive participando como ‘figurante’ em fotos” disse o candidato Irani Barros. A reportagem teve acesso a uma das fotos publicadas pela própria Agência Estadual de Notícias, onde aparece o candidato Taíco ao fundo em uma foto com o Governador Ratinho Jr. e o prefeito de Jaguariaíva, José Sloboda.

Governo do Paraná Inaugura Condomínio do Idoso. Foto: Ari Dias/AEN

Sobre a participação no referido evento, Irani explicou que estava acompanhando o projeto inovador, pois pretende trazê-lo para Arapoti caso seja eleito. “Fomos acompanhar a inauguração do 1º condomínio do idoso lançado no estado do Paraná. O objetivo foi tentar estudar o projeto com a intenção de implantá-lo futuramente em nosso município caso sejamos eleitos. Também aproveitamos a oportunidade para nos reunirmos com deputados e apoiadores de nossa candidatura” complementou Irani.

O candidato a vice Potinho também foi enfático ao afirmar que a determinação eleitoral não foi transgredida, pois se trata de uma inauguração em cidade vizinha e não teve cunho eleitoreiro. “Uma coisa é um prefeito ou prefeita, candidata a reeleição, participar de uma inauguração em período eleitoral em sua cidade, outra bem diferente é um candidato ao executivo participar de uma inauguração em outra cidade com o objetivo de conhecer o projeto” esclareceu o candidato a vice.  

Potinho ainda completou afirmando não ver nada de errado em se estar em locais públicos com a presença de autoridades. “O que achamos incoerente é a pessoa estar neste mesmo local, aparecer em fotos e ainda assim acusar e buscar impugnar uma candidatura séria de um semelhante que está fazendo a mesma ação. Como a Bíblia diz; antes de falar do cisco no olho do teu irmão, veja a trave que está sobre o seu olho” concluiu.

Deixe seu comentário