terça-feira, março 9, 2021
Início Notícias Locais Arapoti e Jaguariaíva receberam 300 doses da vacina da AstraZeneca

Arapoti e Jaguariaíva receberam 300 doses da vacina da AstraZeneca

Jaguariaíva – Neste domingo, 24, dois dias após as 2 milhões de doses da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e pelo laboratório britânico AstraZeneca desembarcarem no país vindas da Índia, os municípios de Arapoti e Jaguariaíva receberam a sua remessa. Arapoti recebeu 130 doses, enquanto Jaguariaíva 170.

O trabalho foi feito no mesmo dia em que as novas doses chegaram ao Paraná e foram distribuídas às regionais de saúde. As vacinas recebidas neste domingo na 3ª Regional de Saúde de Ponta Grossa são desenvolvidas pela Universidade de Oxford e o laboratório AstraZeneca,  que no Brasil estão sob responsabilidade da Fiocruz. Uma primeira remessa, com 240 doses da Coronavac, do laboratório chinês Sinovac, distribuída no Brasil via Instituto Butantan, foi trazida a Jaguariaíva no dia 19, bem como a Arapoti que recebeu 207 doses.

Em Jaguariaíva a enfermeira Maria Augusta Rodrigues Silveira, atuante na linha de frente contra Covid-19 no Hospital Municipal Carolina Lupion, foi a primeira a receber o imunizante. A prefeita Alcione Lemos, presenciou o procedimento, como forma de incentivar a todos a tomarem a vacina, que é uma esperança para a saída da pandemia. Em Arapoti, a primeira vacinada foi a técnica em enfermagem Cristina Aparecida Ribeiro.

Imunização Jaguariaíva

Por enquanto, Jaguariaíva soma pouco mais de 400 doses recebidas, o que representa menos de 1% do total necessário para imunizar a população. Segundo estimativa da Semus, seriam necessárias 72 mil doses para Jaguariaíva, levando em conta que são necessárias duas doses do imunizante para cada pessoa do público prioritário.

Devido à escassez de vacinas disponíveis no Brasil e no mundo, primeiramente em Jaguariaíva estão sendo vacinados os profissionais vacinadores, idosos e trabalhadores da Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) – Lar Bom Jesus, e trabalhadores de saúde da linha de frente de atendimento ao Covid-19, profissionais estes que atendem no HCML e na Unidade Básica de Saúde Dr. Domingos Cunha.

A vacinação do grupo prioritário está sendo feita de forma volante. Conforme informações da SEMUS, o que determinará o avanço das fases de operacionalização do Plano Municipal de Vacinação será a quantidade de doses de vacina e insumos disponibilizados ao município, no decorrer das próximas semanas.

Importante destacar que os cuidados para prevenir o coronavírus devem continuar. Conforme amplamente difundido em campanhas de prevenção, sob orientação dos especialistas em saúde, o uso de máscara, higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel, distanciamento social, evitar aglomerações e procurar o serviço de saúde ao apresentar sintomas da doença são muito importantes para diminuir a circulação do vírus, evitando mortes pela Covid-19 e suas complicações.

Com assessoria

- Advertisment -
- Advertisment - Tersane